domingo, 18 de janeiro de 2015

" Capítulo 17 - "

Manu: Você não é louco - gritei -
Bernardo: Sou louco sim -gritou -
Neymar: Cala a boca os dois - gritou - Estão parecendo duas crianças - gritou mais ainda - Vocês querem resolver as coisas assim brigando que nem duas crianças?
Manu: Ele não pode tirar ela de mim - corri para os seus braços e chorava de soluçar -
Neymar: É ele não vai tirar  não é isso Bernardo? - o encarou -
Bernardo: Minha cabeça esta confusa - sentou no sofá e levou as mãos até o rosto - E se a Eduarda estiver mentindo? - me olhou -
Manu: Ela não iria mentir - o olhei de volta - Ela não iria.
Bernardo: Deixa eu leva-la hoje ? - me olhou - Por favor
Manu: Eu não sei - me virei e abracei o peitoral do Júnior e gritei - Eu não sei
Neymar: Você ira leva-la - me olhou - Mais antes - olhou para o Bernardo - Vou pedir que deixe uns amigos meus irem lá e colocar câmeras na casa.
Bernardo: E a minha privacidade? Você esta louco só pode - gritou -
Manu: Se você não acredita na sua própria filha, coloque as câmeras na sua casa - o encarei -
Bernardo: Apenas no quarto e na sala - nos encarou -
Neymar: Certo - o olhou - E no banheiro da Eduarda.
Bernardo: Certo - abaixou a cabeça -
Neymar: Então me da licença - foi ate a cozinha. O Júnior saiu da sala e ficou aquele silêncio todo, só se ouvia meu soluço e a respiração do Be, eu ainda não queria acreditar que a Fernanda maltratava a Duda,e o Be não querer acreditar na própria filha, isso que me doía mais ainda. Pouco tempo depois o Júnior volta da cozinha e nos olha - Então, vamos Bernardo? - o olhou -
Bernardo: Vamos sim - se levantou - Cade a Duda? - me olhou -
Neymar: Eu vou buscar ela - sai e foi em direção ao quarto e não demorou muito voltou com a Du e a bolsinha dela -
Duda: Mamãe - me olhou e fez bico -
Manu: Vai ficar tudo bem meu amor - peguei a mesma do colo do Júnior, e dei um beijo nela - O papai vai cuidar de você. - Ela ficava me olhando com aqueles olhinhos, e então o Ju, pegou ela do meu colo e assim eles desceram, e eu fiquei ali na porta, fechei a porta e cai no chão, comecei a chorar, não podia ser verdade, eu não queria que fosse verdade.. -


Neymar narrando  ️ 

Saímos da casa da Manu, e ver a minha morena naquele estado estava me matando, coloquei a Du na cadeirinha no meu carro e dei partida, busquei o Gil e o Gui na Dom, e partimos para casa do Bernardo. Chegando lá, a casa estava vazia. Descemos do carro, e entramos, os meninos começaram a colocar as câmeras e eu brincava com a Duda, quando os meninos terminaram, deixei a Duda com o Bernardo e fomos para o carro

Gil: Mano, se essa loira aguada bater na Duda, mano, eu juro, que chamo umas minas pra bater nela.
Neymar: Relaxa baixinho - o olhei - A Manu ta muito mal.
Gui: Não é pra menos né major.

Ficamos em silêncio outra vez, e por vim chegamos na casa da Manu, toquei a campainha e ela abriu a porta, com uma carinha de choro, não falou nada apenas me abraçou. E eu a abracei com todas as minhas forças, eu queria tirar aquela dor da minha morena, eu não gostava de ver ela com aquela carinha, eu não gostava de ver ela naquele estado..

Neymar: Eu te amo - sussurrei em seu ouvido - E eu prometi que cuidaria de vocês duas, e vou cuidar.
Manu: Eu te amo de mais - me apertou - Oi meninos - sorriu -
Gil: To contigo maloka - a abraçou - Te amo baixinha
Gui: Sai dai anão - gargalhamos - Te amo maloka - a abraçou -
Neymar: Sai dai os dois porra - os olhei - A muie é minha - ela gargalhou, e eu sorri, tão bom ver ela sorri -

***

Manu: Seus idiotas - sorri - Eu amo vocês - ri - Entrem - dei passagem e eles entram - E ai, como foi lá ? - olhei para o Neymar -
Neymar: Colocamos as câmeras e deixei a Duda lá - me olhou - Mais as imagens vem todas para o meu celular - sorriu, um sorriso vitorioso -
Manu: Então liga logo isso dai - tentei sorrir -

Bernardo narrando  ️ 

O Neymar e seus amiguinhos saíram daqui de casa e eu fiquei sozinho com a Duda, eu ainda não acredito que a Fe bata na Duda. Crianças mentem certo ? Mais eu aceitei o pedido do Neymar e deixei colocarem as câmeras aqui em casa, vamos ver se é mesmo verdade o que a Eduarda anda falando.. Estava no tapete da sala brincando com a Duda, até a Fe chegar, toda alegre cantando, mais quando ela viu a Duda, ela mudou, o semblante dela mudou totalmente.

Fernanda: Oi meu amor - sorriu e me selou -
Bernardo: Oi princesa - sorri - 
Fernanda: Oi princesa da tia - sorriu e passou a mão na cabecinha da Duda -
Bernardo: Amor - a olhei - Leva a Duda pro quartinho dela para mim por favor? - a olhei - Vou fazer a mamadeira dela e já subo - sorri -
Fernanda: Levo sim - pegou a Duda no colo, e a Duda queria descer e começou a chorar - Calma boneca, a tia vai te levar pro quarto 

A Fe subiu com a Duda, e eu fui para cozinha como as imagens da câmeras vinha para o meu celular e para o do Neymar, eu liguei e fiquei olhando para ver o que a Fernanda iria fazer...

***

 Fernanda narrando  ️ 

Cheguei na casa do Be, hoje é segunda-feira e como eu tenho a chave da casa dele, eu não chamo, nem toco a campainha nem nada, chego entrando    Quando entrei encontrei o Be, com a pirralha da filha dele no tapete da sala    . Isso mesmo eu não gosto dela, não sou obrigada a gostar dela   E ele ainda vai e me pede pra subir com essa criança birrenta para o quarto até ele subir com a mamadeira para ela..

Bernardo: Amor - me olhou - Leva a Duda pro quartinho dela para mim por favor? - me olhou- Vou fazer a mamadeira dela e já subo - sorriu -
Fernanda: Levo sim - peguei a Duda no colo, e a Duda queria descer e começou a chorar - Calma boneca, a tia vai te levar pro quarto - Falei subindo as escadas com ela no colo, e quando chegamos coloquei ela na cama - Agora fica ai sua pirralha fedorenta.
Duda: Papai - começou a chorar -
Fernanda: Cala a boca antes que eu te bata - fui para cima dela - Eu não gosto de você - belisquei a mesma - Você chegou e acabou a paz da minha vida - sai de perto dela, porque ouvi os passo do Be subindo e ele entra no quarto com os olhos arregalados e cansado - Oi amor - sorri - Estava tentando acalmar a boneca mais ela não para de chorar -
Bernardo: Some da minha casa, some - gritou -


***

 Bernardo narrando  ️ 

Eu não acredito no que eu estou vendo, não pode ser, olha como a Fernanda esta tratando a minha filha assim.      Quando ela começou a xingar a Eduarda,    eu larguei meu celular no chão e subi as escadas correndo, cheguei no quarto e abri a porta com tudo, ela deve ter ouvido eu subindo, e parou de brigar com a Duda.

Fernanda: Oi amor - sorriu - Estava tentando acalmar a boneca, ela não para de chorar 
Bernardo: Some da minha casa, some - gritei, eu não podia acreditar que a mulher que eu amava estava fazendo aquilo com a minha filha - Some Fernanda, some.
Fernanda: Porque você esta gritando comigo? - me olhou, meu Deus, que sinica -
Bernardo: Eu coloquei câmeras aqui, eu vi você batendo na minha filha - gritei - Eu vi Fernanda.
Fernanda: Calma amor - veio para perto de mim e eu me afastei - 
Bernardo: Some daqui agora Fernanda. Pegue suas coisas e suma. 

Eu vi a Fernanda saindo de casa, aquilo me doeu muito, eu estava perdendo outra pessoa que eu amava. Primeiro a Ana, agora a Fernanda.  Mais eu não posso ficar com uma pessoa que não goste da minha filha, uma pessoa que maltrata a minha filha. E enquanto eu viver, eu vou proteger a Eduarda de tudo e de todos. Eu peguei a Duda que estava no cantinho do quarto chorando muito e a abracei, abracei a minha filha com todas as minhas forças..

Bernardo: Eu te amo filha - a abracei - Vai ficar tudo bem. Ela não vai mais chegar perto de você minha vida. O papai promete que vai te proteger para sempre..
****

Manu narrando  ️ 

Eu não podia estar acreditando no que eu estava vendo. Sim, eu vi a Fernanda batendo na minha filha e aquilo me doía muito, eu estava vendo tudo e não podia fazer nada. Quando por fim o Be, apareceu ali, e mandou aquela vaca embora, e eu agradeci mentalmente por aquilo. Eu só sabia chorar e chorar ... Quando resolvi ligar para o Bernardo .

CDL..

Bernardo: Oi Manu - sua voz quase nem saiu -
Manu: Traz ela pra casa - falei chorando - Por favor .
Bernardo: Já já vamos - desligou na minha cara -

FDL...

Não falei mais nada, apenas deitei no ombro do Júnior, e comecei a chorar mais ainda. Eu prometi para a Eduarda que eu iria proteger ela de tudo e todos, e eu não consegui :( 





Ai, demorei mais postei. Uffas.
Primeiro desculpas pelas meninas que mando os capítulos no whats
É que estou sem wifi, e é muito ruim :/
Mais postei, e sim, eu chorei escrevendo .
Amanhã é meeeeu Aniversario *-* . 17 aninhos cara.
E Aniversario da Sogra mais linda do Mundo. Tia Nadine.
Espero que gostem, desculpa pela demora, e obriga pelos comentarios vidas.



Read: http://what-to-do-about-you.blogspot.com.br/?m=1
http://ounicoerroqueacerteinjr.blogspot.com.br/2014/08/apresentacao_29.html?m=1
http://youaremyfirsttruelove.blogspot.com.br/

sábado, 10 de janeiro de 2015

" Capítulo 16 -"

17 De Novembro (Segunda-Feira)

Acordei com o chorinho da Duda, rolei na cama e peguei o meu celular e marcava 4:50 da manhã, e isso fez o meu coração doer, a Eduarda nunca acorda durante a noite, ainda mais chorando, levantei correndo que nem meu chinelo eu calcei, sai disparada pelo corredor e quando cheguei na porta ouvi o Fred conversar com ela.

Fred: Que aconteceu minha princesa? O tio esta aqui - vi ele com ela no colo balançando ela de um lado para o outro, e assim que me viu ele sorriu - Oi mana linda - sorriu -
Manu: Oi Fe - sorri e me aproximei - O que ela tem? - o olhei -
Fred: Não sei - me entregou a Du, que ainda estava chorando -
Manu: Pode ir dormir Fred - o olhei - Vai poxa - sorri e assim ele saiu do quarto - O que você tem meu amor? - A olhei - Para de chorar, a mamãe está aqui - beijei a testa da mesma, e sai do quarto da mesma com ela no quarto e fui para o meu, acendi as luzes e me sentei na cama com a mesma que já estava calminha -
Duda: Tio Ju mamãe - me abraçou e chorou novamente
Manu: Ele esta na casa dele princesa - a abracei forte - 
Duda: Eu telo ele mamãe - chorava forte, eu não sabia o que fazer, então resolvi ligar pro Junior, sim, eu liguei para ele as 5:00 horas da manhã tadinho, chamou umas 6 vezes e por fim ele atendeu com aquela voz de sono. -

CDL...

Neymar: Oi Manu - sua voz quase não saiu - Aconteceu alguma coisa?
Manu: Bom - tentei falar - A Duda acordou chorando tanto e só chama por você. E ela quer muito falar com você.
Neymar: Passa pra minha pequena então. - coloquei o celular no viva voz -
Manu: Pode falar Júnior .
Neymar: Du ? É o tio Ju amor
Duda: Tio - começou a chorar de novo - Não telo ir pla casa do papai - chorou mais ainda -
Neymar: Mais quem falou que você vai pra casa do papai?
Duda: A mamãe tio.
Neymar: O tio Ju não vai deixar ta bom?
Duda: Ta bom tio Ju.
Neymar: Agora passa pra mamãe. Dorme bem ta? O tio Ju te ama - sorriu assim que terminou de falar, peguei o celular e tirei do viva voz -
Manu: Pronto
Neymar: Porque ela não quer ir pra casa do pai?
Manu: Eu não sei. - suspirei - É incrível, ela sabe que hoje é dia de ir pra lá.
Neymar: Quando ele for buscar ela me avisa. Vou ir falar com ele.
Manu: Ele vem 13:00 hora buscar ela.
Neymar: Ta bom. Volta a dormir vai - sorriu - Boa noite, amo vocês.
Manu: Também amamos você -

FDL...

Desliguei e a Du já estava deitadinha dormindo, me deitei ao seu lado e fiquei pensando, o porque da Eduarda não querer ir mais pra casa do Pai (?) Ela amava ir pra lá, ta tudo muito estranho. Da última vez que ela voltou de lá, voltou com um roxinho no braço, o Bernardo diz que não sabe o que foi, ai Deus, se eu descobri que ele maltrata ela, eu mato ele, eu mato. E foi com esse pensamento que acabei pegando no sono outra vez...


POV Neymar

Estava dormindo quando acordei com o celular tocando, me assustei assim que vi o nome da minha princesa na tela, o que será que a Manu quer comigo, as exatamente 5:00 da manhã ?
Assim que atendi ela falou que a Duda não conseguia dormir e que queria muito falar comigo, eu amo aquela pequena, do mesmo jeitinho que amo o meu filho.. A Manu, falou que ela não quer ir pra casa do Pai, bom, cá para nós eu nunca viu com a cara do Bernardo, mais quando eu acordar vou descer pra lá, para ter uma conversa muito seria com ele, quero saber o porque do nada a Duda não quer ir mais para casa dele, ela amava ir pra lá. Esta muito estranho tudo isso ...
Pov Neymar off

Acordei com a Eduarda me dando beijos, abri os olhos e sorri, ela com aquele sorriso com quase todos os dentinhos na boca.

Manu: Bom dia minha vida - sorri e a beijei - Vamos escovar os dentes e tomar café ? - ela só sorriu e balançou a cabeça que sim, peguei em sua mãozinha e fomos para o banheiro, já tem até o banquinho dela ficar em pé na pia para escovar os dentes. Escovamos os dentes, me troquei e desci com a Du, ainda de pijama. Bom, já resolvi, hoje ela não vai para a casa do Bernardo, ou vai, não sei ainda. Preciso saber o porque ela não quer ir mais pra casa do Pai. Chegamos na sala e não tinha ninguém, fomos para a cozinha e só estava a Rosinha.

Manu: Bom dia Rosinha amor - sorri e coloquei a Du na cadeirinha dela, e me sentei -
Rosa: Vão tomar café ainda? - sorriu -
Manu: Vamos sim Rô - sorri -

A Rosinha nós serviu, comemos tudo ali, ajudei a Rosinha a limpar o que eu e a Duda aviamos sujado, peguei a pequena da cadeirinha e fui para sala, fiquei brincando com a princesa até que a campainha tocou, foi então que me toquei que já era 12:50. Levantei para abri a porta e era o meu moreno lindo.

Neymar: Boa tarde - me selou - 
Manu: Bom dia - sorri e dei mais um selinho no mesmo -
Neymar: Cade a Du? - me olhou -
Manu: Serve aquela largada no chão? - gargalhei e dei passagem para ele entrar, assim que ele entrou que ela viu que era ele, saiu correndo e grudou em suas pernas, ele sorriu e pegou a mesma no colo -
Neymar: Pequena - a beijou e a mesma abraçou ele com uma força enorme -
Manu: Quanto amor - sorri feito boba -

Ficamos ali brincando mais um pouco e eu fui na cozinha buscar algo para o Ju comer, quando eu estava voltando ouvi a campainha tocar...


Pov Neymar 

Sai do treino mais cedo, e fui para casa da minha morena linda, chegando lá avia pouco tempo que ela e a Duda tinha acordado, fiquei brincando na sala com a Duda enquanto a Manu tinha ido buscar algo para mim comer, foi quando eu resolvi postar uma foto da Du no meu insta..

@Neymarjr: 13:00 hora da tarde, e a mocinha esta de pijama
#Duda #MamãeMalEducada #TioJuCuida #TioJuAma


Não olhei os cometarios porque a campainha tocou, fui atender e era o Bernardo, ele ficou me encarando..

Bernardo: O que você esta fazendo aqui? - me encarou -
Neymar: Sou namorado da Emanuelly - o encarei de volta, quando ele iria falar alguma coisa a Manu apareceu -
Manu: Hei - nos olhou com uma cara de brava -

Pov Neymar off

Quando cheguei na sala o Neymar e o Bernardo, estava brigando, sim, eles estavam brigando.

Manu: Hei - os olhei com cara de brava e rapidamente os  dois me olharam - Esta acontecendo algo aqui?
Bernardo: Não - me olhou -
Manu: Acho bom. Entra Bernardo. - o Be entrou, e assim que a Duda viu ele, ela colocou a mãozinha na boca e correu para os braços do Júnior, cara, isso esta muito estranho -
Bernardo: O que aconteceu ? - me olhou -
Manu: Eu que pergunto - o encarei - O que você fez para a Eduarda? - o olhei - Ela não quer mais ir para a sua casa. Fala que não gosta mais de lá ..
Bernardo: Eu não sei Emanuelly - me encarou - Você quer que eu saiba de tudo? 
Manu: Sim Bernardo, eu quero que saiba de tudo, que saco. Você fez algo para ela?
Bernardo: Você acha que eu iria fazer alguma coisa contra a minha própria filha?
Manu: Não sei Bernardo, eu não sei. E da última vez que ela chegou com o braço roxo aqui?
Bernardo: Eu já te expliquei que ela dormiu e quando acordou já estava daquele jeito
Manu: Não tem como uma criança dormir e acordar com um roxo no braço
Neymar: Fala pra mamãe o que aconteceu pequena - fez com o que todos ficassem quietos na sala - A Eduarda quer falar - nos olhou -
Duda: A tia Fernanda - fez bico - Ela bélica eu, fala que sou feia e me bateu
Manu: O que? - eu gritei, eu não estava acreditando, como assim? - Ela fez o que com você Eduarda?
Duda: Bateu mamãe bateu 
Manu: Você esta vendo o tipo de namorada que você arruma Bernardo? Uma mulher que não gosta da sua filha. Da sua F-I-L-H-A . Ela bateu na minha filha, eu vou matar essa mulher - gritei - Eu não vou deixar a Eduarda nunca mais ir para sua casa, ficar perto daquela mulher
Bernardo: A Eduarda é minha filha, e se você não deixar eu tomo ela de você - gritou -
Manu: Você não é louco - gritei - 


Olá pupilas lindas.
Obrigada pelos comentarios, obrigada mesmo.
Primeiro post de 2015.
Bom, saiu pequeno, porque estou sem ideias, mais já sei como vai ser o 17
Espero que gostem, vai ter barracos no próximo capitulo. 
Comentem bastanteeee.
Antes de quinta, eu volto. 
Dia 19/01, meu aniversario, então, acho que nesse dia não posto nada..
Bom, tinha umas gurias pedindo para fazer um grupo do blog no whats
Se todas quiser, deixem o numero aqui, que eu faço..






quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

" Capítulo 15 - "

Bruna: Você é louca? - gritou - Você me bateu - levou a mão até o rosto -
Manu: Sou louca sim - gritei - Isso foi pouco, isso foi para você aprender a nunca mais falar de mim - Nesse momento subiram correndo a tia Nadine, o Neymar e o Tio Neymar..

Neymar pai: O que esta acontecendo aqui?
Rafaella: Essa cobra da Emanuelly, bateu na Bru.
Neymar: Rafaella - gritou - Já deu essa palhaçada, deis de ontem você vem falando mal da Manu. Você colocou a Bruna aqui dentro sabendo que ela não aceitou o fim do nosso namoro. - ele gritava de tal forma, eu não conhecia aquele Neymar, aquele não era o meu Juninho -
Bruna: A única pessoa que não é bem-vinda nessa casa é essa escrota.
Neymar pai: Já deu Bruna - gritou - Dentro da minha casa tem que ter respeito acima de tudo.
Manu: Não se preocupe tio - o olhei - Por respeito á vocês eu saio dessa casa com a minha filha - me soltei dos braços do Júnior, e fui pegar a bolsa no quarto dele, peguei em cima da cama, e sai, mais sai quase que correndo, passei por eles naquele corredor, só ouvi o Neymar me chamar e mais não olhei para traz, na sala estava a Duda com a Marcela (Cozinheira), apenas sorri e peguei na mãozinha da Duda, e saimos daquela casa o mais rápido possível. Ficamos parada um pouco em frente do elevador, foi o tempo para o Neymar aparecer louco no corredor me gritando.

Neymar: Manu - gritou e nós olhou - Espera - veio correndo até mim e a Eduarda - Não vai embora por favor - segurou em minhas mãos -
Manu: Não Ju - o olhei - Enquanto ela estiver ai dentro, eu não volto - abaixei a cabeça -
Neymar: Por mim - me olhou - Pelo nosso amor - levantou minha cabeça -
Manu: Hoje não - o olhei - Preciso pensar, depois de tudo que eu ouvi da sua irmã. Eu nunca imaginei isso - minha voz falhou -
Neymar: Foi aquela menina - passou a mão na cabeça - Quando ela vem pra cá, faz a cabeça da Rafaella - começou a andar de um lado para o outro -
Manu: Olha ai, o elevador chegou. - quebrei aquele silencio -
Neymar: Não vai - me olhou - Por favor .
Manu: Neymar - suspirei - Por favor - falei entrando no elevador com a Duda, fiquei olhando para cara do Júnior até o  elevador se fechar, me segurei para não chorar, a Duda, tadinha, me olhava sem entender nadinha, assim que chegamos no nosso andar, fomos direto para a porta do nosso ape, abri e estava todo mundo na sala.

Fábio: Chegou quem faltava - sorriu -
Manu: Olha filha - sorri - Somos queridas - gargalhei -
Fred: Partiu pra praia em família ? - me olhou -
Manu: Mais que topado - sorri - Só espera eu subir e trocar a Du e me trocar.
Giovana: Não demora filha - gritou porque eu já estava na metade da escada com a Duda no colo. Subi rapidinho, coloquei um biquíni na Duda, arrumei a bolsa dela, e fui colocar um biquíni. Peguei tudo que iria precisar e desci com a Du no colo.

Fred: Que milagre hoje ela não demorou - gargalhou -
Manu: Vai se lascar Frederico - dei um tapa nele e coloquei a Duda no chão -
Giovana: Emanuelly - me repreendeu com o olhar e foi o que fez o Fred e meu pai gargalhar -
Manu: Ta bom - sorri - Vamos logo que quero aproveitar muito - sorri, e assim fizemos, saimos de casa naquela zoera de sempre, meu pai e o Fred juntos, pelo amor, era só palhaçada, fomos assim até chegar na praia, como a praia era pertinho de casa agente foi andando a pé mesmo. Chegando na praia minha mãe foi com aquele cuidado todo de passar protetor e tudo mais, meu pai faltava morrer com aquele cuidado todo, passei protetor na Duda, e pedi pro Fred passar em mim, minha mãe pegou a Duda e foram para agua, estendi minha canga no chão e deitei de bum bum pra cima, o que fez muitos rapazes assobiarem, e o Fred e meu Pai querer morrer do coração, pedi pro Fred tirar uma foto minha e logo em seguida eu postei..

@ManuSampaio:  ️  ️ 

[ @ ] LellyDiva: Gostosa
[ @ ] neymaruai: Linda
[ @ ] PrincesaDoJu: Divaaaa
[ @ ] gilcebola: Que o chefe me perdoe, mais ta top.
[ @ ] neymarjr:   
m [ @ ] RafaDiva: A Rafa parou de te seguir
[ @ ] BruDiva: Ainda bem que a Rafa acordou


Parei de ver os comentarios e fui ver o que as meninas estavam falando, e realmente era verdade, a Rafaella tinha parado de me seguir, então eu fiz o mesmo, parei de seguir a mesma, continuei curtindo minha família, fazia tempo que agente não fica-vamos assim, juntos, como uma verdadeira família.

Fábio: Larga esse celular - jogou areia em mim -
Manu: O coroa - o olhei -
Fábio: Coroa é seu pai - gargalhou e foi o que fez eu e o Fred cair na gargalhada, logo minha mãe voltou com as crianças, o Henrique estava todo alegrinho, a Duda nem se fala, ela ficou paradinha e eu babando naquela linda.

Manu: Fica ai fazendo charme filha- falei toda boba - A mamãe vai tirar foto - parece que a mesma entendia direitinho, começou a fazer charme, e eu tirei varias fotos, não demorou muito ela saiu correndo pro colo do Fred, junto do meu Pai e do Henrique, que logo foram para agua. Editei a foto da minha princesa e logo postei .


@ManuSampaio: Eu tenho uma princesa em casa     

Não olhei os comentarios e fui para agua, dei alguns mergulhos, e logo voltei junto com meus homens e a minha princesa, tirei varias fotos. Quando deu umas 14:00 horas da tarde, resolvemos ir embora, chegamos em casa, subi com a Du, e fui tomar banho e dar banho na minha pequena.. Descemos para almoçar a comida da minha mamãe, dia de domingo a Rosinha não trabalha, mamãe avia feito Arroz, Feijão, Bife, Batata frita e Salada, comi bastante junto com a Duda e o Rique, logo ajudei minha mãe arrumar a cozinha, e depois voltei para sala, fiquei mexendo no celular e resolvi postar a foto dos meus três homens lindos   

@ManuSampaio: Eu sou apaixonada por vocês três   
@FredSampaio #Papai #Rique #HomensDaCasa   



Não quis olhar os comentarios, porque agora o que só estão falando é sobre a Rafaella e eu ter parado de se seguir, e eu não estou afim de brigar, não hoje haha. Fiquei ali curtindo minha família, porque agente quase nem ficamos juntos, mais agora vou curtir minha família o máximo, é só isso que eu preciso, da minha filha, meus irmãos, meu pai e minha mãe, juntinho de mim. Ficamos ali até umas 19:30, a Du, estava cansandinha e logo pegou no sono, eu coloquei a mesma em seu quarto e fui para o meu, deitei e fiquei assistindo um filme, falei com algumas pessoas no whats, e logo resolvi chamar o meu pai    Sim, meu pai é moderno e tem whats, assim como a minha mãe também tem.   
 Assim que terminei tirei um print e postei 


@ManuSampaio: Sabe nem brincar     
 #PapaiModerno #PapaiDeWhats


[ @ ] LellyMar: Tio do mal    
[ @ ] Neymarjr: Gosto assim   
[ @ ] GilCebola:       
[ @ ] guipitta_ : Tio é dos toiss    

Parei de ver os comentarios, bloqueei a tela do iPhone, e logo peguei no sono..


Oláaaaa pupilas lindas. Então, é isso ai.
O último capítulo de 2014 é esse, não poderia ficar sem postar né?
Obrigada vidas, pelos comentarios   ️ 
Feliz Ano Novo pra todo mundo, que nesse 2015 vocês beijem muito.  ️ 
Comentem bastanteeeee.
Love You's  ️ 






sábado, 27 de dezembro de 2014

" Capítulo 14 - "

Bruna não abriu a boca para fala absolutamente nada, apenas ficou me encarando do lugar onde ela estava. A tia Nadine, entrou em nossa frente e logo falou ..


Nadine: Bruna minha filha - a olhou - Você sempre foi bem-vinda aqui, como namorada do Juninho, tanto como amiga da Rafaella. Só que o seu namoro com meu filho acabou. Então se você ainda quer ser bem-vinda nesta casa, deixe o meu filho ser feliz com quem ele realmente ama..
Bruna: Mais tia Nadine ... - foi interrompida pelo Neymar - 
Neymar: Bruna - a olhou - Eu A-M-O a Manu, eu a A-M-O - encarou a mesma -

Quando ela iria abri a boca para falar algo,a Rafaella apareceu na escada..

Rafaella: Ai Bru - nós olhou e parou ali mesmo - Ah, oi - acenou com a cabeça -

Eu não falei nada, apenas olhei para cara da Rafaella sem ao menos abri a minha boca. E por fim ela mesmo quebrou o silêncio todo..

Rafaella: O que esta acontecendo aqui? - nós olhou -
Bruna: Sua nova cunhadinha que é muito rápida - me encarou - Ela mesma fez o Juninho terminar comigo, e agora esta com ele.
Manu: Eu não fiz ele terminar com você. - encarei a mesma -
Rafaella: Por uma lado Emanuelly, digamos que você mal esperou o Juninho pensar, e logo ficou com ele - me olhou, eu não acredito que a Rafaella estava falando aquilo, eu senti meus olhos queimarem e vi que a Bruna estava adorando aquela cena toda. Então, eu respirei fundo, coloquei o meu melhor sorriso no rosto e rebati o que a Rafaella estava falando -

Manu: Nossa Rafaella - sorri cínica - Até ontem eu era a MELHOR cunhada do mundo - gargalhei - É devia ter ouvido quando me falaram para tomar cuidado com você. Como falaram, você é uma cobrinha em - a encarei - 
Rafaella: A única cobra aqui é você Emanuelly - gritou, no momento em que eu iria debater a tia Nadine entrou na frente -

Nadine: Já chega - gritou - Rafaella - a olhou - Você não iria sair com a Bruna ? - a mesma apenas balançou a cabeça em forma de um sim - Então vão - nós olhou - E você Juninho, pegue sua namorada e suba para o seu quarto.

O Neymar apenas balançou a cabeça, pegou a Duda no colo e me puxou para subir. Subimos para o seu quarto calados, eu não abri a boca para falar nada. Chegando no quarto do Neymar, ele foi direto tomar seu banho e eu fiquei ali com a Duda, esperei ele ligar o chuveiro e desci com a Eduarda, e lá estava na sala, Dona Nadine e Seu Neymar.

Manu: Boa noite tio - sorri e coloquei a Duda no chão -
Neymar pai: Boa noite Manu - sorriu e veio me cumprimentar - Como vocês estão ?
Manu: Estamos bem graças a Deus - sorri - E o senhor ?
Neymar pai: Bem, graças a Deus - sorriu -
Manu: É- é - gaguejei um pouco - Quero falar com a senhora Dona Nadine. - a olhei e a mesma me olhou e sorriu - Pode ser na cozinha? - a mesma não falou nada, apenas levantou e foi para a cozinha e eu á segui com a Duda - 
Nadine: Pode falar minha filha - sorriu, como essa mulher pode ser tão maravilhosa assim ? Meu acabamos de ter uma briga e ela ainda é toda fofa desse jeito assim -

Manu: Eu queria me desculpar com a senhora - a olhei e logo em seguida abaixei a cabeça -
Nadine: Não precisa se desculpar meu amor - sorriu e me abraçou, mais que abraço maravilhoso, assim que ela desfez o abraço ela mesmo falo - Você é de casa meu amor - sorriu - Você faz o meu filho bem de um jeito que ninguém nunca fez. E sobre a Rafaella - me olhou - Bom, não sei porque ela falou aquilo.
Manu: Não tem problemas tia - tentei sorrir - Eu também falei o que não devia.
Nadine: Você estava com raiva meu amor - sorriu - Mais logo logo vocês estão de bem, se falando normal.. - Quando eu iria abri a boca para falar, fomos interrompidas pelo Neymar entrando na cozinha -
Neymar: O mãe ... - iria falar algo, mais assim que me viu sorriu - Pensei que tinha ido embora - me abraçou - 
Manu: Vim falar com a sua mãe - sorri -
Nadine: Podem subir - sorriu - Filha - me olhou - Tira aquelas coisas da cabeça - passou por nós e me deu um beijo -
Neymar: Vamos subir ? - me olhou -
Manu: Vamos sim - sorri - Vem filha
Duda: Quelo o tio Ju - correu pro colo do Júnior, o mesmo sorriu e pegou a Duda no colo e assim subimos, chegamos no quarto do Júnior, ele foi colocar a Duda no chão, e a mesma grudou em suas pernas, querendo brincar, a cena foi muito engraçada, parecia um cachorrinho -

Manu: Fica assim que vou tirar foto - gargalhei e peguei o iPhone e tirei a foto, editei a mesma e logo postei -

@ManuSampaio: "Vamos tio blincar, eu te amu tio.   "

Nem olhei os comentarios, não estava aguento, minha barriga já esta doendo de tanto rir daqueles dois. Por muito pelejar, a Eduarda foi pro banho, mais bateu o pé e falou que só iria, se o tio Ju, fosse dar banho nela. Eu ainda briguei, falei que não, mais foi em vão, o Júnior, falou que iria dar banho nela, que ele sabia, porque ele dava banho no Davi, e tudo aquilo mais.. Imaginem a cena dentro do banheiro, aquela farra toda, mais foi tudo muito lindo, e o amor que eles sentem um pelo outro é maravilhoso.. Por fim, eles saíram do banheiro, e a Duda, por fim dormiu, o Júnior pegou a mesma e foi coloca-la no quartinho do Davi, e logo voltou e deitou ao meu lado..

Manu: Fui muito grossa com a sua irmã né ? - o olhei -
Neymar: Não vamos falar disso agora - me deu um selinho -
Manu: Cade a baba eletrónica? - o olhei -
Neymar: Aqui - falou mexendo no celular e logo virou a tela do celular para mim -
Manu: Ai que chique - gargalhei - Eu não tenho uma dessas
Neymar: Ganhamos quando a Carol, falou que estava gravida - sorriu - 
Manu: Nunca mais falei com ela - o olhei - Amanhã vou ligar pra ela - sorri -
Neymar: Vamos tirar uma foto? - me olhou -
Manu: Você que sabe. 

Ele ajeitou nossas pernas e tirou, eu apenas sorri e o mesmo postou..

@Neymarjr:     

[ @ ] BruDiva: Essas perninhas são da Bru?
[ @ ] LellyMar: Eu conheço bem essas perninhas 
[ @ ] guipitta_ : Maloka, maloka
[ @ ] gilcebola:  Eu quero mais é ver esse casal feliz
[ @ ] neymaruai: Conta logo quem é 
[ @ ] BondeToiss: Falaaaaaa


Paramos de ver os cometarios porque as fãs já estavam ficando loucas, adoramos causar.. Ficamos mais um tempinho grudadinhos, e logo em seguida eu peguei no sono, sem ao menos ver nada.. 

16 de Novembro

Acordei e o Júnior já não estava mais na cama, dei um pulo da cama e peguei meu iPhone, que já marcava 11:15 no relógio. - Dormir de mais - Fui direto para o banheiro fiz minhas higienes matinais, escovei os dentes, e logo sai do quarto, quando ia passando em frente do quarto da Rafaella, a mesma me chamou..

Rafaella: Emanuelly? - me chamou -
Manu: Pois não Rafaella - a olhei -
Rafaella: Porque você não deixa o caminho livre pra Bruna? - me olhou - 
Manu: Olha Rafaella - a olhei - Você vai me ouvir e ficar calada. - a encarei - Eu não entendo o que esta acontecendo, eu não te fiz nada, do dia para noite você mudou comigo, do mesmo jeito que mudou com a Carolina, e com todas as ex do seu irmão. Quer ser amiguinha da Bruna, seja. Mais não me coloque no meio disso. Eu não vou deixar caminho livre para ninguém. O seu irmão esta comigo porque ele quer, não forcei ele á nada, você esta me ouvindo. - Nesse momento eu senti minhas lágrimas caírem, senti o sangue ferver, e ouvi as risadinhas da Bruna - 
Rafaella: A única falsa aqui é você.
Manu: Essa sua amiguinha, fica colocando coisas na sua cabeça, ela já sabe que não é bem-vinda nesta casa.
Rafaella: A única pessoa que não é bem-vinda aqui é você - me olhou e logo a Bruna saiu do quarto -
Bruna: Nisso a Rafinha tem toda razão, você nunca vai ser bem-vinda aqui. Você é apenas mais uma na lista do Juninho - gargalhou, nisso não consegui me controlar e logo dei um belo tapa na cara da Bruna, a raiva me possuiu de um tal jeito - 



Eita que capítulo bafonico KKKKKK.
Quero mais é treta, quero mais é briga. Rafaella ainda,
vai dar mto o que falar.
Bruna logo logo some, e aparece outra para vocês odiarem comigo.
Vai rolar um pedido de namoro super lindo em.
 LellyMar ainda vai dar o que falar.
Obrigada pelos comentarios princesas. 
Comentem bastanteeeeee.





sábado, 20 de dezembro de 2014

" Capítulo 13 - "

Peguei meu iPhone e olhei a hora, é desconfiei, já era 12:30 e eu não estava com um pingo de fome, me sentei em um sofazinho que tinha ali no quarto, e fiquei apenas observando a Duda dormir, até que chaga uma enfermeira com o almoço dela e o meu...

Enfermeira: Vim trazer o almoço de vocês - sorriu -
Manu: Muito obrigada - sorri -

Assim que ela saiu, eu vi a Eduarda se mecher na cama, me aproximei da mesma, e ela me olhou e sorriu com aqueles poucos dentinhos que havia em sua boca, e isso fez eu sorrir, era perfeito, ver a minha guerreirinha ali, sem nenhuma aparelho, me sentei na cama e apeguei em meu colo.

Manu: Esta com fome minha princesa? - a olhei -

Ela apenas me olhou e balançou a cabeça em forma de um sim, dei um beijo nela, e a coloquei sentada na cama novamente e fui até a comida, era uma sopa, peguei e dei para a minha pequena, que comeu tudo, estava com fome, e eu sorri, por ver que ela estava bem. Dei para mesma uma gelatina que tinha ali, e ela comeu tudo. Brincamos um pouco, e ela logo pegou no seu soninho da tarde. A Dr.Sandra ja avia me falado que ela iria ficar um pouco cansadinha, por conta de tudo que aconteceu, me aconcheguei naquele sofazinho, e acabei pegando no sono ali mesmo..
Acordei com a voz do Junior.. 

Neymar: Olha lá Duda - sorriu - A sua mamãe acordou 
Manu: O que você esta fazendo aqui? - o olhei e ao mesmo tempo ao  sorri -
Neymar: Vou cuidar de você pra sempre, lembra? - me olhou e sorriu -
Manu: Claro que eu lembro - sorri -
Neymar: E aqui estou eu - sorriu -
Manu: Você não existe - sorri e levantei, fui ate ele e o selei -
Neymar: Feliz 1 mês de amiga colorida - gargalhou e eu gargalhei junto -
Manu: Feliz 1 mês de amigo colorido - o selei -
Duda: binca tio Ju, binca - colocou a mãozinha no rosto do Junior e eu sorri, era uma das cenas mais lindas do mundo, a Duda e o Junior se davam tão bem, como pode ser tão perfeito assim? Ele deixou de ficar o seu sabado em casa, para ficar aqui juntinho de nós, de verdade, esse príncipe encantado, existe, olha ele aqui comigo. ����
Fiquei observando os dois brincando, e fomos interrompidos, pela Dr. Sandra 

Dr.Sandra: Desculpa atrapalhar - sorriu  -
Manu: Sem nenhum problema - sorri -
Duda: Não tio Ju, ela vai fular meu blaçinho oia - colocou a mãozinha na onde estava a agulha do soro -
Neymar: Calma minha princesa - sorriu - Ela só veio ver se você esta bem - sorriu -
Dr. Sandra: Eu só vim examinar a pequena - sorriu - E quem sabe, liberar a princesa para ir pra casa. - me olhou e sorriu -
Manu: Ai que tudo - sorri e dei alguns pulinhos - Vamos deixar a tia Sandra te examinar filha?
Duda: Se o tio ablaça eu - correu pro colo do Junior, e o mesmo sorriu e me olhou e balançou a cabeça em forma de um sim, e eu apenas sorri. A Doutora examinou a pequena, que nem chorou, só chorou um pouquinho quando a doutora foi tirar a agulha, mais logo o Junior acalmou a mesma -

Dr.Sandra: Não tem porque deixar a pequena aqui - me olhou - Ela esta otima - sorriu - Já esta liberada - sorriu - Emanuelly, vou deixar meu número contigo, e qualquer coisa me liga.
Manu: Pode deixar Doutora, qualquer coisinha mesmo eu ligo - sorri - Obrigada Doutora, obrigada por salvar a minha filha. - sorri -
Neymar: Então vamos? - me olhou -
Dr. Sandra: Emanuelly, só não á deixe no sereno, bastante agua, frutas, coisas saudaveis.
Neymar: Passeio ao shopping, e praia pode? - a olhou -
Dr. Sandra: Pode sim - sorriu - Praia, mais com protetor solar.
Manu: Tudo anotadinho - sorri -
Dr. Sandra: Então, estão liberados. - sorriu e me deu uma receita com tudo anotado. Eu peguei a bolsa sa Eduarda que minha mãe avia trazido, e o Junior pegou a mesma no colo, e assim saimos do hospital, pelos fundos, porque a porta principal estava cheia de jornalistas, como esse povo ficou sabendo que agente estavamos aqui? Ai que saco viu. Entramos no carro, e eu no banco de traz com a Duda, e o Junior logo deu partida. Não demorou muito e chegamos no nosso prédio, graças a Deus não tinha transito nenhum, desci na portaria com a Duda e o Junior entrou pela garagem..

Manu: Boa noite seu Antônio - sorri -
Seu Antônio: Boa noite Emanuelly. - sorriu - Boa noite Eduarda
Duda: Belexa

Eu a olhei e gargalhei, essa Eduarda esta andando muito com o bonde viu, apenas sorri e balancei a cabeça e peguei a Duda no colo e fui em direção ao elevador, o Junior já estava nós esperando.

Neymar: Eita que demora - me olhou -
Manu: Menos Neymar - o olhei - Por um acaso foi você que ensinou a Eduarda afalar beleza? - o olhei -
Neymar: Porque? - começou a gargalhar -
Manu: Porque o seu Antonio nós deu Boa noite, e ela respondeu com " beleza "
Neymar: Nem sei quem foi né Duda?
Duda: Não sei meismo mamae - sorriu -
Manu: Ainda mordo os dois - gargalhei -
Duda: Doi - fez biquinho -

Quando eu ia abriar a boca para falar a porta do elevador se abriu, paramos no meu Andar, e assim que abri a porta, encontrei meus pais que deram um pulo do sofá assim que nós viu..

Giovana: O que vocês estão fazendo aqui? - me olhou assustada -
Fábio: Não me diga, que vocês fugiram do Hospital.
Manu: Acho que aqui é a nossa casa - os olhei - E não pai, não fugimos do hospital não. Minha guerreira, teve alta.
Giovana: Ai que bom - sorriu -
Neymar: Elas podem dormir lá em casa hoje?
Fábio: Só porque eu confio em você, e sei que você é um otimo rapaz, eu deixo.
Giovana: Podem sim Juninho - sorriu -
Manu: Nem perguntam se eu quero ir - revirei os olhos -
Neymar: Não precisa - gargalhou -
Manu: Fica quieto file de borboleta - gargalhei e peguei a Duda no colo - Vou ir tomar banho com ela -- falei subindo as escadas com a Duda nos braços, entrei no quarto da Duda, separei algumas peças de roupas, coloquei em sua bolsa, e coloquei outro pijama, como eu conheço a filha que tenho, sei que não vai dormir por tão cedo. Peguei na mãozinha da Duda e fomos em diração do meu quarto, fui para o meu closet e peguei algumas roupas, e o meu pijama, coloquei na bolsa da Duda, junto meu carregador, fone, documentostanto meus como os da Duda, e as nossas escovas de dentes, e fui para o banheiro com a Duda, me despi e a despi, e entramos de baixo do chuveiro, a Duda brincava muito de baixo da agua, e aquilo me deixava feliz, terminamos o nosso banho, e saimos, sequei a Duda, e logo me sequei, ficando apenas de peças intimas, vesti o pijama da Duda, e fui colocar um vestidinho leve e fresquinho, peguei alguns brinquedos da Duda e coloquei na bolsa também, peguei meu iPhone e já marcava 20:15 da noite. Peguei a bolsa e logo peguei a Duda no colo, e assim descemos.

Neymar: Até que fim - sorriu - Pensei que as duas tinham descido pelo ralo - gargalhou -
Manu: Cala essa boca file de borboleta - dei um tapa em seu braço -
Giovana: Isso ainda vai dar namoro.

Eu e o Júnior começamos a gargalhar sem parar, meus pais se olharam sem saber o que estava acontecendo. Apenas falei que não era nada, demos boa noite para eles, o Junior pegou a Duda no colo e assim saimos de casa e entramos no elevador, assim que chegamos no andar do Junior, o mesmo abriu a porta, e demos de cara com a Tia Nadine conversando com a ..... Sim, com a Bruna, respirei fundo e revirei os olhos, assim que a tia nos viu, sorriu..

Nadine: Minhas bonecas - levantou e veio e nossa direção - A Duda esta melhor filha? - me olhou e pegou a Duda do colo do Junior -
Manu: Graças a Deus, esta sim Sogra -falei alto e a Bruninha tossiu -
Neymar: Resolvi trazer minhas princesas para dormir comigo - me abraçou por traz e sorriu -
Bruna: Bem rapidinha você né - me encarou -
Manu: Não vou descer no seu nivel flor. Vou respeitar, o meu Namorado - dei enfese no meu - A minha sogra - dei enfese no sogra - E minha filha - sorri sinica- 




Bom minhas princesas, ai esta um capitulo. Me desculpem a demora, é que ainda estou sem monitor. E fazer pelo celular é muito ruim. Mais ai esta, nao vou fazer capitulo com fotos, porque nao consegui por foto, tivque que mudar o capitulo todo. Mais em fim, desculpem qulquer erro na escrita, digo e repito, fazer pelo celular é muito ruim. Comentem ta princesas, obrigada por terem paciencia comigo. ������������������������������������

domingo, 14 de dezembro de 2014

" Capítulo 12 - "

Médica: Quem são os pais da Eduarda Sampaio de Castro? - nós olhou e logo dei um pulo á frente -
Manu: Eu sou a mãe - a olhei - Como minha filha esta?
Bernardo: Eu sou o pai - parou ao meu lado -
Médica: Ela teve uma parada cardiorrespiratória - nós olhou e eu já voltei a chorar - Mais ela é forte, muito forte, e voltou a respirar sozinha - sorriu - Isso é um milagre. Quando pensamos que ela tinha entrado em óbito do nada ela voltou a respirar sozinha, sem a ajuda de aparelhos - sorriu - A filha de vocês é uma Vitoria, ela é Forte, ela é um Milagre - sorriu -

Quando eu ouvi que a Duda teve uma parada respiratória eu já entrei em pânico, eu não vou mentir, eu pensei que havia perdido a minha filha, mais quando a Doutora falou que a Duda havia voltado sozinha, sem ajudas de aparelhos, eu sorri e a agradeci a Deus, cai de joelhos ali mesmo e agradeci a Deus.

Manu: Muito obrigada meu Deus - sorri chorando - Obrigada por não ter levado a minha filha de mim - sorri e o Neymar veio até mim e me levantou e me abraçou -
Neymar: Eu te falei que ela era forte - sorriu e beijou minha testa -
Manu: E eu posso ver ela? - olhei para a médica -
Médica: Pode sim - sorriu - Mais apenas uma pessoa pode entrar. E apenas uma pode ficar aqui com ela - nós olhou -
Manu: Ela não vai ter alta ? - a olhei -
Médica: Não - me olhou - Vamos deixa-la de observação, se amanhã ela estiver melhor, demos alto para a pequena.
Neymar: Eu posso ficar com elas doutora? - a olhou -
Bernardo: Mais que sou o pai - encarou o Júnior -
Médica: Você pode escolher apenas um para ficar - me olhou -
Manu: Eu prefiro ficar sozinha - olhei para eles -
Neymar: Mais, Manu - me olhou -
Manu: Ju - o olhei - Por favor
Neymar: Ta bom - me abraçou - Mais promete que vai ligar, se precisar. (?)
Manu: Eu prometo - o apertei -
Giovana: Você consegue ficar sozinha filha? - me olhou -
Manu: Consigo sim, mãe - sorri de lado -
Fred: Se quiser eu fico - me olhou -
Neymar: Acho melhor o Fred ficar - me olhou -
Manu: Eu já falei que eu quero ficar sozinha com a minha filha - os olhei -
Neymar: Marrenta até nessas horas - sorriu -
Manu: Não sou marrenta nem um pouco. -sorri -
Fábio: Então já vamos filha. - me olhou -
Manu: Podem ir tranquilos - sorri - Irei ficar bem, qualquer coisa eu ligo. - o abraçei -
Fábio: Qualquer coisa mesmo em. - me apertou -
Giovana: Liga mesmo? - me olhou -
Manu: Claro que ligo. - sorri -
Clara: Amiga, tem certeza que vai ficar bem sozinha? - me olhou -
Manu: Sim senhora. - coloquei a mão na testa e ela sorriu - Eu prometo que qualquer coisinha mesmo, eu ligo.
Clara: Tudo bem então. - me abraçou - Eu amo muito vocês - falou em meu ouvido -


Eu apenas sorri com a preocupação de todos, não vou mentir, eu estou com um pouco de medo sim de ficar sozinha nesse hospital com a Duda, mais eu não quero incomodar ninguém, alias, hoje é sabado, dia de todos estarem curtindo e não trancados em um hospital comigo certo (?) . Eu sou a mãe da Eduarda, e eu que tenho que cuidar dela.. Eles sairam todos e eu fiquei ali, parada olhando eles sumirem de minhas vistas. Foi quando me vi sozinha, e fui procurar a médica, em fim, a achei em sua sala, e ela me permitiu entrar..

Manu: Bom doutora, com tudo que aconteceu, nem tive tempo de te perguntar o seu nome. - sorri envergonhada -
Médica: Sem problemas - sorriu - Sou a Doutora Sandra. E apartir de hoje, eu que irei aconpanhar a rotina da Eduarda. - sorriu -
Manu: Eu gostaria de saber o que causo a parada na Duda. - a olhei -
Dr. Sandra: Bom, nem agente sabemos. - me olhou - Fizemos todos os exames nela, e não encontramos nada nela.

Fiquei em silêncio, apenas pensando, passando mil coisas na cabeça, os olhos ardendo com vontade de Chorar, mais respirei fundo, e tentei sorri.

Manu: Posso ir ver ela agora?
Dr. Sandra: Me acompanhe por favor - se levantou de sua cadeira e saiu da sala e fui seguindo-a para o quarto em que a Duda estava, ela apenas me deixou na porta, sorriu e saiu, eu fiquei ali, parada com a mão na maceneta da porta, com o coração a mil por horas. Quando eu entrei e vi a minha princesinha, deitadinha, dormindo, tomando soro, minha unica vontade era de gritar, chorar, tirar ela dali, e leva-la para a nossa casa, para o seu quartinho, me aproximei da cama, e fiquei ali parada, alisando o seu rostinho..

Manu: O minha princesa - senti minhas lagrimas pelo meu rosto- Vai ficar tudo bem viu? A mamãe, esta aqui, e vai cuidar de você. E quando você sair daqui, agente vamos fazer o qur você mais gosta, que é ir no shopping, com o tio Junior, brincar muito, e ir pra praia. - sorri -

Fiquei ali olhando a minha princesa deitada, ela precisa que eu seja forte por ela, e eu vou ser.. Quando senti meu celular vibrar, era uma sms do meu jogador..

      Jogador. ��

Chegamos em casa já. Qualquer coisa me liga viu? Eu te amo minha princesa.

Apenas sorri com a sms do meu jogador, como é um príncipe, se preocupa tanto com agente. Só tenho que agradeçer por ele ser esse amor, que ele é..


Bom  meninas quero agradeçer pelos comentario. ��
E pedir desculpa pela demora. ��
É que meu monitor queimou, e pra postar pelo celular é um tremendo coco. ��
Mais ai esta um cap. Desculpem mesmo. 
E obrigada pela paciencia de vocês comigo. ����

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

"Capítulo 11 - "

Eu e a Du ficamos assistindo desenho até umas 00:00, quando por fim ela dormiu. Peguei a mesma no colo e a coloquei no berço, dei um beijo nela, apaguei as luzas deixando apenas o abajur ligado, liguei a baba electrónica e sai do seu quarto. Fui direto para o meu quarto, tomei um banho quentinho, mais não tão demorado, peguei um pijama no clost e me vesti ali mesmo. Me deitei e apaguei..
Os dias passaram tão rápidos, tudo maravilhoso, continuo fazendo alguns trabalhos, desfiles, fotos para revistas essas coisas. Esta tudo otimo entre eu e o Bernardo, temos uma amizade muito linda, só sua namorada (Fernanda) Que não gosta muito de mim, falou para o Be que não ia mesmo com a minha, e eu nem ligo, ela tratando bem a minha filha é o que importa.  Eu e o Neymar estamos ficando, estamos curtindo muito, por enquanto só estar entre os amigos, por enquanto só tem uma guerra para saber onde vamos passar o Natal e o Ano Novo. Já falei que não abro mão de passar com meus avós e meus pais, e estou quase conseguindo fazer todos á ir para Florianópolis..

Hoje é 15 de Novembro, faz exatamente 1 mês que eu e o Júnior estamos ficando.

 Acordei bem disposta, afim de postar alguma coisa para o Júnior e poder marca-lo, mais como nosso romance ainda é escondido, não posso fazer isso    . Me levantei da cama e fui para o banheiro fazer as minhas higienes, escovei os dentes e sai do banheiro, sentei na cama e resolvi postar a foto para o Juninho.

@ManuSampaio: Meu amor, hoje se faz 1 mês que estamos juntos. 
1 mês de felicidade, muito amor, muito carinho. 
Eu só tenho que te agradecer por cuidar de mim e da Duda.
Obrigada por ser esse amor.. Eu te amo muito.



Nem olhei os comentarios, bloqueei a tela do iPhone, o coloquei no bolso e desci. Minha mãe estava na sala com as crianças.

Manu: Bom dia - sorri e sentei ao lado da minha mãe no sofá -
Giovana: Bom dia filha - sorriu - Acho que a Du esta gripadinha. - me olhou - Estava com o nariz escorrendo.
Manu: Segunda levo ela no hospital. - a olhei -
Giovana: Não precisa filha, já dei um remedinho para ela. - sorriu e eu sorri -

Dei um beijo na Duda e no Rique e fui para cozinha comer alguma coisa, comi tudo quando ouvi minha mãe me chamar voltei, e tinha um rapaz na porta com um enorme boquê de rosas, fiquei paralisada olhando.

Giovana: São para você filha - sorriu -
Manu: Meu Deus - sorri e fui em direção á porta -
Moço: Emanuelly Lunna Sampaio? - leu no cartãozinho -
Manu: Isso - sorri e peguei as rosas e entrei -
Giovana: Lê logo filha - gargalhou e eu sentei no chão -
Manu: Calma - sorri - Deixa eu tirar uma foto primeiro . - falei pegando meu iPhone do bolso, tirei a foto e coloquei o celular no chão e peguei o cartão - Minha princesa hoje se faz 1 mês que estamos juntos, sei que ainda não houve um pedido de namoro, mais não se preocupe, logo logo vai ter, tudo do jeito mais perfeito e lindo do mundo.. Hoje o dia é só nosso, e eu só tenho que agradecer a Deus por ter te colocado na minha vida, minha princesa, eu te amo. E feliz 1 mês.. - terminei de ler já com os olhos cheios de lágrimas, e um sorriso que não me cabia no rosto -
Giovana: Que lindo - sorriu - Quem é o sortudo? - me olhou -
Manu: Em breve todos vão saber mãe - sorri - Rosaaaa - gritei -
Rosa: Oi meu anjo - me olhou -
Manu: Preciso de alguns vasos para colocar essas flores - sorri -
Rosa: São muitas - sorriu - Mais vou procurar - falou indo para cozinha -

Eu voltei e me sentei no sofá e postei a foto..

@ManuSampaio: E o nosso dia só esta começando.
O melhor presente que já ganhei.


Nem olhei os comentarios, e fui ver o perfil dele, e pronto comecei a chorar, como pode ser tão perfeito assim. Que texto lindo meu Deus..

@NeymarJr: Minha pequena princesa.
Hoje se faz 1 mês que estamos juntos, quem diria, logo agente juntos. Só tenho que agradecer a Deus por ter lhe colocado em meu caminho.  Você sabe que não sou muito bom com as palavras, mais saiba que o meu mundo com você é bem mais doce. Eu te minha princesa. 


Não olhei os comentarios, porque estava uma loucura aquilo. Tem algumas fãs que acha que ele voltou com a Bruna, aff --'. Parei de ver quando fui despertada por um grito da minha mãe.

Giovana: Eduarda, pelo amor de Deus, abre o olho - chorando, nessa hora eu corri peguei a minha filha em meus braços e vi a Duda ficando roxinha, fiquei loca, comecei a chorar, gritar -
Manu: Filha - beijando a mesma - Pelo amor de Deus filha - chorando - Abre os olhinhos meu amor. Fala com a mamãe filha. - gritei - Mãe, pelo amor de Deus pega as chaves vamos para o hospital - gritei e o Fred e meu apareceram ali na sala -
Giovana: Calma filha - chorando - Vou buscar os documentos dela e os seus - subiu correndo -
Fred: O que esta acontecendo aqui? - nos olhou -
Manu: Me ajuda - gritei - A Duda esta passando mal - quando fechei a boca minha apareceu com os documentos em mãos. O Fred não falou nada, apenas pegou as chaves do carro e pegou a Duda do meu colo, eu corri e peguei meu celular e os documentos nas mãos da minha mãe e fui louca atrás do Fred, entramos correndo no elevador e até ele descer, eu só sabia chorar e pedir para Deus não tirar a minha filha de mim.. Em fim chegamos na garagem e corremos para o carro do Fred, o mesmo destravou o alarme e eu entrei atrás e ele me deu a Duda.

Fred: Calma Manu - me olhou pelo retrovisor - 
Manu: Não tem como ficar calma - chorando - Filha - passei a mão em seu rostinho que estava roxinho - Olha pra mamãe por favor.. 

Eu só sabia chorar, e chorar, e pedia para Deus não tirar a vida da minha Eduarda. Não demorou muito chegamos no hospital, o Fred estava dirigindo á mais ou menos uns 180 km por hora, quando descemos do carro eu sai loca correndo e gritando ajuda.

Manu: Alguém me socorre pelo amor de Deus - gritei - 
Enfermeira: O que esta acontecendo? - me olhou naquela calma -
Manu: A minha filha - gritei e o Fred chegou, apareceu duas medicas e pegaram a Duda dos meus braços e entraram por um corredor enorme e ainda tentei ir atrás mais não deixaram eu passar, eu já estava sem forças, eu não aguentava mais tudo aquilo, quando senti o Fred me abraçar -

Manu: Não deixa minha filha morrer meu Deus - gritei e apertei o Fred -
Fred: Calma Manu - me apertou - Vai dar tudo certo .

Eu me sentei porque não me aguentava mais em pé, e comecei a chorar mais ainda, foi então que eu pensei o Be tem que saber, a Duda precisa dele aqui também, peguei o iPhone e disquei o seu numero, chamou umas três vezes e ele atendeu..

CDL...


Bernardo: Oi Manu - ouvi sua risada -
Manu: Be - comecei a chorar -
Bernardo: O que aconteceu Manu? - todo preocupado -
Manu: Só vou te pedir pra vim direto para o hospital - minha voz quase nem saiu -
Bernardo: Qual hospital? Aconteceu alguma coisa com a Duda?
Manu: Vem rápido - chorando - Hospital Casa de Saúde  - nem esperei ele falar nada e desliguei em sua cara, eu não queria falar por te telefone. Não demorou muito e chegou minha mãe, meu pai, a Clara e sim o meu jogador .

Giovana: Filha - me olhou -
Clara: Minha princesa - veio até mim - Vai ficar tudo bem - me abraçou -
Neymar: Meu amor - veio até eu e Clara - Vem aqui - me deu a mão e me levantou fazendo com que eu fica-se bem apertada em seu peitoral, e era apenas isso que eu estava precisando. - Vai ficar tudo bem meu amor - me apertou mais ainda - A nossa pequena Duda é forte, você vai ver, logo logo ela vai estar correndo pela casa de novo .
Manu: Porque logo com a minha pequena? - o olhei - Porque ?
Neymar: Deus sabe o que faz meu amor - me olhou e beijou minha testa -

Ficamos ali abraçados, quando chegou o Bernardo e sua namorada --', o Be veio direto em minha direção e me olhou .

Bernardo: O que aconteceu ? - pegou em minhas mãos -
Manu: A nossa filha - comecei a chorar de novo -
Bernardo: Calma - me puxou e me abraçou - Não chora, ela é forte.

Fomos interrompidos pela voz da medica ..

Médica: Quem são os pais da Eduarda Sampaio de Castro? - nós olhou e eu logo dei um pulo para frente -
Manu: Eu sou a mãe - a olhei - Como a minha filha esta? 




Oláaaaa, desculpa a demora meninas :/ .
Não queria ficar muito tempo sem postar, mais é que estava sem Internet no PC.
Só estava com o wi-fi, e tentei postar pelo celular, mais não consegui --'
Ai esta um capítulo.
Duda doentinha :/ , o que será que aconteceu em:?
Dêem dicas ok? 
E obrigada pelos comentarios.
Qualquer coisa chamem no whats .
031 11 9 7030-4751